domingo, 19 de maio de 2013

Poeta...


Um poeta não sei eu ser
Apesar do desgosto do viver
A vida tem muito para me ensinar
Ergo os olhos e decido aproveitar
Porque poeta não sei eu ser
Não tenho arte para escrever
Falta-me o dom das palavras
Para fazer delas minhas aliadas
Poeta eu não posso ser
Preciso ainda de aprender
Na vida há princípio e fim
Ambos nunca precisaram de mim
Poeta poderei um dia ser
Parto para que possa vencer
Os medos de poder falhar
Nos braços do amor me lançar
Quando poeta vier um dia a ser
Um lição não devo esquecer
Para fugir de todo o triste fado
Encontrar quem queira ser amado

Sem comentários: